14 de maio de 2022

ELEIÇÕES 2022: GOIÁS CONTA COM OITO PRÉ-CANDIDATOS AO GOVERNO

Sendo um dos estados com mais nomes do governo, Goiás pode chegar a ter mais um na lista, com a decisão de Marconi Perillo. Foto: Reprodução

No início do mês passado (2 de abril) foi encerrado o prazo para filiações partidárias, e com isso, até então, oito nomes se firmaram como pré-candidatos ao Governo de Goiás, porém, esse número pode ir para nove, caso o ex-governador Marconi Perillo confirme pré-candidatura também nos próximos dias.

Cumprindo o calendário da Justiça Eleitoral, os partidos devem realizar suas convenções para confirmação dos nomes que passarão de pré-candidatos para candidatos entre 20 de julho e 5 agosto. As convenções partidárias são os eventos das agremiações partidárias que deliberam sobre coligações da chapas, lançando de forma oficial os seus candidatos. Legendas, federações e coligações têm até 15 de agosto para solicitar o registro das candidaturas dos escolhidos na convenção. Feito isso, um dia depois, os candidatos já poderão dar início nas suas campanhas  com realização de comícios, caminhadas, distribuição de material gráfico e divulgação de propaganda na internet.

No leque de escolha do eleitorado goiano estão os nomes do atual governador Ronaldo Caiado que tentará reeleição pelo União Brasil, ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriotas), deputado federal Major Vítor Hugo (PL), ex-governador José Eliton (PSB), Wolmir Amado (PT), Edgar Diniz (Novo), Helga Martins (PCB) e Wesley Garcia (PSOL).

Conheça o perfil de cada um deles abaixo: 

RONALDO CAIADO

Governador Ronaldo Caiado é pré-candidato a reeleição pelo União Brasil. Foto: Reprodução

O atual governador de Goiás conta com nove partidos para dar sustentação ao seu projeto eleitoral, possibilitando que saia na frente com o maior tempo de propaganda eleitoral. Ao seu lado, além do próprio União Brasil, está o MDB, de Daniel Vilela, Solidariedade, PRTB, PSC, Avante, PV, Podemos e PTB.

 

GUSTAVO MENDANHA

Ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha é pré-candidato a governador pelo Patriotas. Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, além do próprio Patriotas, conta com o Democracia Cristã, Agir, Partido da Mobilização Nacional, Patriota e Por Mais Brasil 35. Conhecido e popular em sua cidade, Aparecida de Goiânia, a qual administrou por duas vezes, foi vereador e vice-prefeito ao lado de Maguito Vilela, bem como na região metropolitana, seu maior desafio é se tornar conhecido no interior de Goiás.

 

MAJOR VÍTOR HUGO

Deputado federal Major Vitor Hugo é pré-candidato pelo Partido Liberal (PL). Foto: Reprodução

O retrato do bolsonarismo em Goiás, o fiel apoiador do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), é a carta na manga da direita conservadora em Goiás. Vítor Hugo brigou pelo apoio do PL, visto que, até então, havia sido declarado pelos dirigentes da sigla em Goiás, Flávio Canedo e Magda Mofatto, sendo de Mendanha, independente de escolha partidária, e assumiu a presidência do partido recentemente.

Na Câmara dos Deputados, Vítor Hugo é lider do Governo e chegou a presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Em 2018, conseguiu se eleger sendo “mochilado” pelo deputado federal Delegado Waldir Soares (União Brasil).

 

JOSÉ ELITON

Ex-governador José Eliton é pré-candidato pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Foto: Reprodução


O ex-presidente tucano é advogado e fazendeiro. Em 2018, quando era governador de Goiás, concorreu a reeleição e alcançou apenas 13% das intenções de voto, ficando atrás de Caiado (com 59%) e Daniela Vilela (16%).

 

WOLMIR AMADO

ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Wolmir Amado é pré-candidato pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Foto: Reprodução

O petista, ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), tenta se eleger em um estado que, desde 1982, quando foram restauradas as eleições diretas,  acumula derrotas no Estado. É esperado que o partido faça uma composição com o PSB para a criação de uma frente ampla de oposição.

 

EDIGAR DINIZ

Professor Edigar Diniz é pré-candidato ao Governo de Goiás pelo Partido Novo. Foto: Reprodução

Pela primeira vez, o Novo lançou um pré-candidato ao Governo de Goiás. Diniz é formado em Ciências da Computação, mestre em Engenharia de Software e pós-graduado em Docência Universitária. Fundador e CEO da empresa Otimize-TI, o empresário é membro do conselho da Associação Guardiões do Amor Maior, movimento que realiza ações sociais voluntárias.

HELGA MARTINS

Professor Helga Martins é pré-candidata ao Governo de Goiás pelo Partido Comunista do Brasil (PCB). Foto: Fábio Lima

A única mulher na disputa é professora do curso de Direito na Universidade Federal de Jataí (UFJ). Essa é a quinta vez que o Partido Comunista Brasileiro lança pré-candidatura ao governo.

 

Publicado por: Badiinho Moisés – Com algumas informações do Jornal Opção