24 de maio de 2024

Estado de saúde do trabalhador eletrocutado na Subestação de Energia de Catalão é grave

Trabalhador de 40 anos de idade eletrocutado na Subestação de Catalão teve 40% do corpo queimado. Foto: Captura de tela/TV Anhanguera

De acordo com reportagem de Alyne Braga, da TV Anhanguera, o estado de saúde de um trabalhador que sofreu queimaduras em cerca de 40% do corpo é grave. O acidente de trabalho ocorreu na Subestação de Distribuição de Energia em Catalão, onde supostamente um cabo se rompeu, sendo atingido o trabalhador de 40 anos por um arco voltaico. Ele sofreu queimaduras de terceiro grau nos braços, rosto, peito e parte anterior das pernas.

Após o acidente, o trabalhador foi prontamente levado ao Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de Catalão para receber atendimento médico urgente.

Leia também: 

-Rompimento de cabo de alta tensão na Subestação de Catalão deixa trabalhador ferido; Catalão e cidades vizinhas ficaram sem energia

A Equatorial Goiás, em nota, informou que a instabilidade no fornecimento de energia na região de Catalão ocorreu no início da tarde desta quinta-feira. A distribuidora agiu rapidamente ao registrar o incidente, reduzindo os impactos para a população. A falha foi atribuída a um acidente envolvendo um colaborador de uma empresa terceirizada. A Equatorial Goiás está fornecendo toda a assistência necessária à empresa parceira responsável pelo trabalhador acidentado.

Assista o vídeo no perfil do Blog do Badiinho no Instagram: 

Escrito e publicado por: Badinho Moisés/Com informações da TV Anhanguera