3 de maio de 2013

Polícia Civil apreende 29 máquinas caça-níqueis

A Polícia Civil de Caldas Novas com apoio do Ministério Público desencadearam a “Operação Transferência” realizada no mês de abril, onde foram apreendidas 29 máquinas caça-níquéis.

A Polícia Civil de Caldas Novas com apoio do Ministério Público desencadearam a “Operação Transferência” realizada no mês de abril, onde foram apreendidas 29 máquinas caça-níquéis.

 De acordo com o delegado de polícia, Dr. Pedro Garcia Caires, responsável pela “Operação Transferência”, a intenção de fazer essa operação é combater o jogo ilegal na cidade. “Há pouco tempo que cheguei na cidade, notei que é de conhecimento público que existe essa exploração de forma mais acentuada do que  em outras cidades. Talvez por ser uma cidade turística, então nós resolvemos combater essas contravenções”, disse.

 Segundo o delegado, essas máquinas estavam espalhadas, principalmente, nos setores Parque das Brisas, Nova Vila e Centro de Caldas Novas, onde aconteceu a maior incidência de apreensões. Foram lavrados cinco TCOs (Termo Circunstanciado de Ocorrência) com relação à contravenção penal de jogo de azar previsto no artigo 50. Em algumas máquinas foram encontrados dinheiro, mais de quinhentos reais, o qual foi apreendido e periciado junto com as máquinas e, em seguida, todo o material foi encaminhado ao poder judiciário.

 Dr. Pedro ressalta que a Polícia Civil investiga sobre o depósito dessas máquinas, principalmente os coordenadores do jogo ilegal no município. “Com essa apuração, nós poderemos fazer um inquérito ou autuar os responsáveis por formação de quadrilha”, afirmou.

O Delegado coloca a Delegacia de Polícia, principalmente, a sua pessoa a disposição para receber novas denúncias, sendo que o número de apreensão não foi maior devido o déficit de efetivo da Polícia Civil, o que possibilitou aos contraventores retirarem máquinas dos pontos de instalações antes da chegada da polícia.