22 de agosto de 2016

ELEIÇÕES 2016: Juiz da 8ª Zona se reúne com partidos políticos para discutir processo eleitoral

Escrito por: Redação/Cristina Mesquita – A Gazeta 24 horas 

Fotos: Reprodução 

20160819_161043
“Representantes das coligações da 8ª Zona se reuniram na última sexta-feira, 19, com o Juiz Eleitoral”

O juiz Eleitoral da 8ª Zona Eleitoral (que compreende Catalão, Ouvidor, Três Ranchos e Davinópolis), Marcus Vinícius Ayres Barretos, se reuniu na última sexta – feira, 19, com representantes de partidos e com pessoal que colaborará na logística da campanha e no dia das eleições. Dessa reunião participaram  Polícia Civil, Militar, SMTC e Bombeiros.

“Vamos nos preparar para enfrentar qualquer situação”, disse o juiz que estava acompanhado pelo Promotor Eleitoral, Fernando Gomes Rosa. Ambos deixaram clara a importância da parceira com os órgãos para o êxito do processo. “Sozinhos não vamos fazer nada. Essa é a primeira reunião de uma série”, complementou Barretos. Ele que atua em eleições na 8ª Zona Eleitoral desde 1996, disse que está preparado para o pleito e quer celeridade nas decisões judiciais e no cumprimento delas. Outras reuniões como essa acontecerão, porém as datas não foram definidas.

Antes da reunião, o juiz se reuniu com representantes de partidos que concorrerão às eleições nos quatro municípios que abrangem a 8ª Zona Eleitoral. Além das regras, eles decidiram a ordem dos programas eleitoral nos veículos de comunicação. Será feito um rodízio nos programas eleitorais: o que será o primeiro do dia, será o último do dia seguinte. E assim por diante.

As regras das eleições de 2016, de acordo com ele, são de 1997, porém, segundo o juiz, sofreram alterações e atualizações. “Tem sim, algumas peculiaridades e vamos enfrentar muitas questões novas. Além da regra e da exceção, será de suma importância usar o bom senso. O bom senso e veja você que, nós não temos um pedido de registro de candidatura deferido e já ocorreram mais de 20 pedidos de representações, propagando antecipada negativa em período vedado. Então, creio que se não conseguirmos conter os ânimos dos candidatos, partidos e coligações, creio que isso aí pode chegar a uma proporção talvez até de difícil controle”, resumiu.

Em Catalão, 210 candidaturas à Câmara foram registradas. O PMDB terá ao todo, 16 partidos aliados ( PRTB, PV, PSC, PRP, PPL, PDT, PCdoB, DEM, PTC, PSDC, PROS, PEN E PT para as majoritárias e com SD, PSC E PPL em proporcionais) tendo 136 candidatos à Câmara. O PSDB terá 13 partidos aliados ( PP, PHS, PMB, PPS, PR, PTdoB, PMN, PSD PRB, PSL, PSB, PTN E REDE) com 68 candidatos à Câmara Municipal.  O PSOL segue sozinho na disputa com 5 candidatos a vereadores. Ao todo, são sete coligações, com três candidatos à prefeitura: o atual prefeito Jardel Sebba (PSDB) tentará a reeleição, o deputado e ex-prefeito Adib Elias (PMDB) e Camila Campos candidata a prefeita (PSOL). O prazo para pedidos de impugnação se encerra no próximo dia 23.