27 de abril de 2022

“TAMBORES SE CALARAM”, DIZ COORDENADOR DA CONGADA DE CATALÃO SOBRE 2 ANOS SEM EVENTOS EM GOIÁS

Foto: Ênio Tavares/Reprodução

No primeiro grande evento após 2 anos em razão da pandemia da Covid-19, o coordenador da Congada de Catalão Moçambique, Leonardo Costa Bueno comemorou a retomada cultural em Goiás. Segundo ele, no período de ‘pausa’, os tradicionais tambores se calaram. Grupos se apresentaram na manhã desta quarta-feira (27), na Praça Cívica, na chamada ExpoCavalhadas, que marca a abertura do Circuito Cavalhadas 2022. A informação foi publicada no jornal Mais Goiás.

Leonardo Bueno contou que a Congada é realizada há 145 anos. Atualmente, são mais de 25 grupos e mais de 6 mil dançarinos. “A maioria dos integrantes é de Catalão. É uma tradição que movimenta a cidade toda, desde crianças até idosos”, disse.


Leia também:

-O CATALÃO DE ONTEM E DE HOJE, ESPECIAL 162 ANOS; A CARA DAS CONGADAS DE CATALÃO

-LARGO DO ROSÁRIO, UM ESPAÇO CULTURAL DAS CONGADAS E DOS CATALANOS, UM LUGAR DE ACOLHIDA


O congadeiro Leonardo afirma que os grupos sentiram bastante nos dois anos de ‘pausa’. “Tivemos muitas perdas. Nossos tambores se calaram, nossa bandeira ficou guardada. Era muito difícil, para nós que somos devotos, chegar nessa época do ano e não ter como fazer o que mais gostamos. Mas estamos de volta, devagar, mas preservando as vidas”, disse.

 

 


Publicado por: Badiinho Moisés