18 de fevereiro de 2021

PREPARE O BOLSO, POIS PELA SEGUNDA VEZ EM FEVEREIRO A GASOLINA SOBE 10,2% E O DIESEL 15,1%; AUMENTO VALE A PARTIR DESTA SEXTA (19)

Foto: Reprodução

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (18/02) que os preços do diesel e da gasolina vão aumentar a partir de amanhã, sexta-feira (19/02). Agora, o preço médio da gasolina nas refinarias será de R$ 2,48 por litro, e o do diesel será de R$ 2,58 por litro.

É a segunda alta anunciada no mês de fevereiro, a anterior tinha sido em 8 de fevereiro. Segundo a Petrobras, os ajustes frequentes são necessários para garantir o fornecimento dos combustíveis.

O aumento foi de R$ 0,23 no preço da gasolina, uma alta de 10,2% comparado ao valor anterior. O diesel aumentou R$ 0,34, o que significa um reajuste de 15,1%.

“O alinhamento dos preços ao mercado internacional é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros refinadores, além da Petrobras “, disse a estatal.

O anúncio de alta dos preços foi feito apenas uma semana depois do valor do petróleo Brent fechar, em 12 de fevereiro, acima dos US$ 62 pela primeira vez em mais de um ano ano. Na manhã desta quinta-feira (18/02), o barril de Brent alcançou o valor de US$ 64,77. A Petrobras utiliza as cotações do barril de petróleo como um dos fatores que compõem o preço dos combustíveis nas refinarias.

A Petrobras informou que não tem poder de decisão sobre o quanto desse aumento será revertido para o bolso do consumidor. Cada revendedor tem liberdade para aumentar o preço da gasolina e do diesel o quanto desejarem.

“Os preços praticados pela Petrobras, e suas variações para mais ou para menos associadas ao mercado internacional e à taxa de câmbio, têm influência limitada sobre os preços percebidos pelos consumidores finais. O preço da gasolina e do diesel vendidos na bomba do posto revendedor é diferente do valor cobrado nas refinarias da Petrobras “, disse a estatal.

 

Escrito por: Redação/Com informações do site Poder 360