25 de outubro de 2018

Policial militar comete suicídio após disparar contra amigo em Goiânia

Flávio Faria de Oliveira (esq) era soldado e tinha 31 anos; Matheus Oliveira de Castro (dir) tinha 20 anos (Foto: Reprodução).

Um policial militar cometeu suicídio no fim da tarde desta quarta-feira (24) logo após atirar contra a cabeça de um amigo. A tragédia aconteceu na Avenida Planície, no Bairro Itatiaia, Região Norte de Goiânia.

Segundo testemunhas, o soldado Flávio Faria de Oliveira, de 31 anos, no próprio carro, um Peugeot de cor preta, quando disparou contra a cabeça de Matheus Oliveira de Castro, de 20 anos, que estava em uma motocicleta ao lado. Após o disparo, o soldado teria saído do veículo, conferido o estado do amigo, retornado e atirado contra a própria cabeça.

Matheus chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), mas não resistiu e morreu.

Por meio de nota, a Assessoria de Comunicação Social da Polícia Militar confirmou a ocorrência e afirmou que o policial militar estava de folga. A corporação afirma que o policial estaria manuseando a arma de fogo dentro de um automóvel, momento em que ocorreu um disparo, atingindo seu amigo e que, posteriormente, com a mesma arma, outro disparo ocorreu, o qual atingiu sua própria cabeça. 

Apesar de informações preliminares indicarem que o disparo que Flávio efetuou contra o amigo foi acidental, a comprovação só poderá vir por meio de perícia, que está sendo realizada pela Polícia Técnico-Científica.

(Foto: Douglas Schinatto)

Escrito por: Redação/Fonte: Jornal O Popular