23 de dezembro de 2018

OPERÁRIO DE 35 ANOS SOFRE QUEIMADURAS DE 1° E 2° GRAU EM INCÊNDIO NO SETOR DE METALURGIA DA MINERADORA CMOC

Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem de 35 anos de idade, teve 90% do seu corpo queimado, sofrendo queimaduras de 1º e 2º grau, em um incêndio no setor de preparação para reação com pó de alumínio, na empresa mineradora CMOC Internacional Brasil, empresa que detém o direito de concessão para a exploração mineral do nióbio e fosfato nos municípios de Catalão e Ouvidor.

O que se sabe até o momento é que o local onde o trabalhador estava, pode chegar a temperatura altíssima.

Após ser atendido pela equipe de brigadistas da empresa, o trabalhador foi encaminhado ao Pronto Socorro da Santa de Catalão por equipe de resgate do Corpo de Bombeiros, porém, a unidade hospitalar não atende a imprensa e nem fornece o estado de saúde de seus pacientes.

Este é um segundo acidente trágico de trabalho dentro da mineradora. Há cerca de um mês atrás, um operário de 63 anos de idade, que trabalhava numa prestadora de serviços, morreu no momento em que fazia a manutenção nas tubulações de água da empresa.

Nota de posicionamento

A CMOC Brasil comunica a ocorrência, na noite de hoje (22), de um incêndio em parte da Metalurgia da operação de Nióbio (GO).

As chamas ficaram restritas à uma pequena área e foram controladas rapidamente.

Infelizmente, em decorrência do acidente, um dos empregados foi atingido e está em atendimento médico na Santa Casa de Catalão (GO).

O processo de investigação das causas do ocorrido já foi iniciado. No momento, o principal foco da companhia é a assistência ao empregado hospitalizado e à sua família.

 

Escrito por: Badiinho Filho