anuncie

8 de dezembro de 2020

GOIÁS: GOVERNADOR RONALDO CAIADO PARTICIPA DE AUDIÊNCIA EM BRASÍLIA-DF COM MINISTRO PAZUELLO PARA DISCUTIR VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

Governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), está em Brasília-DF participando de audiência com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, discutindo o Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19. Foto: Reprodução

O Govenador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) foi convocado na manhã dessa terça-feira (08/12), para participar de uma audiência com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para tratativas da vacinação contra a Covid-19, e de toda a logística que envolve o Plano Nacional de Imunização.

O governador Caiado, que tinha agenda hoje no povoado de São Domingos, teve cancelar sua programação e embarcar de imediato para Brasília-DF, onde a previsão de início da audiência entre ele o Ministro Pazuello estava prevista para às 11hrs da manhã.

Antes do embarque, Caiado disse que “foi marcada a audiência com o Ministro da Saúde, Secretários do Governo Federal, e Ministro Ramos, para discutirmos esse assunto (vacina). Eu, sempre depositei total compromisso com a saúde pública, e essa é uma saúde nacional, não é política de Estado, é importante que seja dito isso, política nacional de imunização. Esse é um controle que é feito pelo Governo Federal, adquiri as vacinas, e distribui igualitariamente aos Estados da federação, de acordo com o número de pessoas que compõe os grupos de riscos, mas equipes das áreas da saúde e da segurança pública.

Sobre a real necessidade de Goiás, Caiado disse que o Estado “tem uma necessidade de 1,8 milhão de doses da vacina, para atender os grupos relatados acima.

“É com esse objetivo é que estou indo a Brasília, o Ministério da Saúde deve manter aquilo que sempre foi, a política nacional de imunização, cabe a nós Estados com todo o aparato de seringas, enfermeiras, técnicas de enfermagem, locais de distribuição da vacina e ambientes apropriados para aplicá-las. Agora a aquisição de uma pandemia como essa, que é a Covid-19, isso é política nacional e não pode ser uma política de cada Estado, ou se não, nós estaríamos penalizando os Estados que indiscutivelmente tem menor poder aquisitivo, ou estão em regiões mais longínquas do país” disse a Jornalistas antes de embarcar para viagem a capital do Brasil.

Indagado por um Jornalista, se o Governo de Goiás poderia tomar alguma iniciativa, caso o Governo Federal demore na ação, Caiado respondeu o seguinte: “Acredito que o Governo Federal não tem porque abrir mão de uma Política Nacional de Imunização, essa é minha posição, aí você vai partir para um processo aonde cada um, é um salve-se quem puder, e não é isso numa pandemia, preste atenção, todos nós somos brasileiros, e todos que estão no grupo de risco, eles merecem receber a vacina de uma forma igual, independente do estado que esteja vivendo”.

VEJA O QUE DISSE CAIADO A JORNALISTAS NA SUA CHEGADA EM BRASÍLIA-DF

 

Escrito por: Badiinho Filho