anuncie

24 de agosto de 2020

EM CATALÃO, AGRODEFESA E PM IMPEDEM COMÉRCIO DE CARNE IMPRÓPRIA PARA CONSUMO HUMANO

Foto: Divulgação – Agrodefesa/Reprodução

Em mais uma operação realizada na sexta-feira (21/8), os fiscais estaduais agropecuários da Agência Goiana de Defesa Agropecuária – Agrodefesa em Catalão, com apoio de policiais militares da Patrulha Rural e do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT), impediram a chegada ao mercado de mais de meia tonelada de carne bovina proveniente de abate clandestino, imprópria para consumo humano.

A mercadoria foi apreendida em uma propriedade rural do município, onde os abates eram feitos sem qualquer cuidado com as condições de higiene e observância das normas legais que regem o abate de animais para consumo. O infrator foi autuado com multa que pode chegar a R$ 11 mil, além do que será apurada responsabilidade criminal por crime contra o consumidor e a saúde pública.

Foto: Divulgação – Agrodefesa/Reprodução

Somente neste ano, principalmente ao longo do período de pandemia, os profissionais da Agrodefesa em Catalão já realizaram 11 operações de prevenção e combate ao comércio de carne clandestina, uma situação que se tornou recorrente no município. Vale enfatizar que o consumo de carne não inspecionada, proveniente de abate clandestino, é um risco à saúde da população pelo potencial de transmissão de doenças. O presidente José Essado enfatiza que a Agrodefesa cumpre seu papel de garantir a qualidade dos alimentos ofertados ao mercado consumidor.

 

Escrito por: Redação