12 de Maio de 2020

COMÉRCIO DE CATALÃO NÃO SERÁ FECHADO TOTALMENTE, DIZ NOTA DA PREFEITURA DE CATALÃO

Prefeito de Catalão, Adib Elias (POD), se reuniu no final da tarde de hoje, terça-feira (12), com diretores da ACIC/CDL para discutir sobre fechamento de comércios. Foto: Facebook/Reprodução

O prefeito de Catalão, Adib Elias (POD), esteve reunido agora no final da tarde dessa terça-feira, 12 de maio, com parte da diretoria da Associação Comercial Industrial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Catalão (ACIC/CDL), sendo o objetivo dessa reunião, informar que o comércio da cidade, não será fechado totalmente.

De acordo a nota, o decreto municipal sairá após a publicação do decreto estadual, porém, o prefeito ainda destacou que a situação ainda é de emergência, e que, esse novo a ser baixado por ele, irá dispor sobre medidas mais rigorosas em caso de descumprimentos das normativas que estarão descritas no mesmo, em combate a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Um pouco antes dessa reunião, devido à grande apreensão por parte da população, mas principalmente dos comerciantes de Catalão que temiam um fechamento geral do comércio, uma outra nota havia sido publicada nas redes sociais, a qual Adib pedia tranquilidade e calma, afirmando que o prefeito Adib Elias pretende analisar o decreto estadual e também a realidade do município para construir o municipal. Leia abaixo a nota divulgada antes da reunião: 

DECRETO| Estou vendo muitos comerciantes e empresários preocupados e receosos aguardando o decreto Estadual e Municipal, assim como também estou vendo centenas de cidadãos catalanos extremamente apreensivos com o aumento dos casos da COVID-19 no país e no estado.

Ambas as classes aguardando o posicionamento do prefeito Adib Elias e se perguntando como será o decreto: mais rígido, de acordo com os posicionamentos do governador ou mais flexível, apenas com algumas restrições preventivas para o comércio. Fiquem tranquilos, o prefeito Adib Elias pretende analisar o decreto estadual e também a realidade do município para construir o municipal. Não haverá radicalização e sim muito cuidado e zelo de um médico para com sua gente. Tanto o lado do comerciante quanto do cidadão serão considerados por ele. Tanto que hoje (12), já realizou várias reuniões com diversas classes, inclusive com representantes do comércio. Tudo será ponderado.

Entretanto, o fato de não ter radicalização não quer dizer que não tenha maior fiscalização. Não quer dizer que alguns segmentos do comércio não possam ter suas atividades suspensas. Com certeza, após as últimas estatísticas, onde Goiás saiu do primeiro lugar para o último, no quesito isolamento social, medidas mais rigorosas serão acrescentadas aos decretos. Mas sempre ouvindo todos os lados e segmentos da sociedade.

Podemos considerar Catalão uma cidade privilegiada neste momento tão difícil, onde o mundo sofre com uma pandemia. O isolamento social foi decretado no primeiro momento pelo prefeito, e hoje colhemos os frutos e resultados dessa ação pioneira no Estado, mas extremamente assertiva. Por isso, mais uma vez confiem nas decisões tomadas pelo nosso prefeito. Catalão está em boas mãos. E consciência é algo individual, e é o remédio que temos contra esse vírus no momento.
Uma boa tarde a todos!


LEIA A ÚLTIMA DA PREFEITURA DE CATALÃO A RESPEITO DO FECHAMENTO DO COMÉRCIO:

REUNIÃO| Na tarde desta terça-feira (12), o prefeito Adib Elias esteve reunido com parte da diretoria da Associação Comercial e Industrial / Câmara de Diretores Lojistas de Catalão – ACIC/CDL, com o objetivo de informá-los que o comércio não será fechado totalmente. Porém, o prefeito destacou que o novo decreto irá dispor sobre medidas mais rigorosas para combater os atos de descumprimento do mesmo, resguardando assim as medidas de combate ao coronavírus em Catalão.

Entre as pautas discutidas na reunião, o prefeito destacou que Goiás já esteve entre os líderes de isolamento social, contudo, de acordo com as pesquisas, hoje o Estado tem o pior índice de isolamento social do país. E reforçou que não permitirá que o mesmo aconteça na cidade de Catalão.

Dessa forma, logo após o decreto estadual, será decretado o municipal, com mais restrições em virtude da queda do número de isolamento social no Estado, o que preocupa todos os municípios.

Adib Elias ainda destacou que “a situação ainda é de emergência e que o isolamento social ainda é a estratégia mais eficaz indicada pela OMS para combater a COVID-19. E que além das medidas determinadas pelo poder público para combater os abusos e excessos, é necessário a colaboração da população e bom senso para que não haja aglomerações.

 

 

Escrito por: Badiinho Filho