anuncie

31 de julho de 2020

CATALÃO DE LUTO: MORRE AOS 70 ANOS DE IDADE, O PSICÓLOGO DR. MARCOS BUENO

Dr. Marcos Bueno * 22/12/1949 +31/07/2020

A semana em Catalão está se encerrando hoje, sexta-feira (31/07), de uma forma bastante pesada, é que nem mesmo terminou o luto da perda da dona Joaninha, esposa do ex-prefeito Haley Margon Vaz, e a cidade perde mais um grande ícone de respeito.

Faleceu aos 70 anos de idade, no meio da tarde de hoje, o Psicólogo Dr. Marcos Bueno, detentor da admiração da população catalana.

De acordo com informações apuradas pelo Badiinho, Dr. Marcos Bueno, encontrava-se internado no Hospital Nasr Faiad desde ontem, quinta-feira (30), e na tarde de hoje, sexta-feira (31), no meio da tarde, ele teria sofrido ao menos cinco paradas cárdicas, as quais o médicos realizaram procedimentos e reanimação, porém, sem sucesso.

De acordo com o que apuramos, Dr. Marcus Bueno estava classificado como caso suspeito de Covid-19, sendo colhido as amostras (swab) para a realização de exame PCR.

QUEM FOI MARCOS BUENO?

Dr. Marcos Bueno * 22/12/1949 +31/07/2020

Nascido na cidade paulista de Jundiaí, em 22 de dezembro de 1949, filho de Luiz Gonzaga Bueno e de Alcina Olivério Bueno. Fez seus estudos no Grupo Escolar Francisco Napoleão Maia, em sua terra natal, bem como o seu ginasial, no Colégio Divino Salvador, não concluindo e transferindo-se para o curso de Ajustagem Mecânica e Desenho Técnico do Senai, como menor aprendiz, aos 14 anos.

Fez curso técnico de Agrimensura no Colégio Técnico Duarte da Costa, na Lapa, São Paulo e graduou-se em Psicologia pela FCHL Farias Brito, atual Universidade de Guarulhos.

Especialista em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e em Administração – criatividade, inovação e oportunidades de negócios pela UFU/Université du Quebec a Trois Riviéres. Mestre em Engenharia de Produção: Gestão da Inovação Tecnológica e Ambiental pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Membro do Instituto Militar H. Erickson do Triângulo Mineiro, lecionou em algumas faculdades e, até recentemente estava vinculado em Universidade privada de Catalão, onde estava como coordenador do Centro de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação e professor dos cursos de Administração, Direito e Fisioterapia.

Estava residindo em Catalão há vários anos e participou como membro fundador da Casa de Cultura, na administração do Prefeito Haley Margon Vaz, em 1984, hoje, Fundação Cultural Professora Maria das Dores Campos.

Era também, membro da Academia Catalana de Letras, ocupando a Cadeira número 20, Patrono Antero Costa Carvalho. Em 2008, publicou Afetividade: Cuidar de Si, cuidar do outro – Uma viagem ao cuidar do ser, pela Editora Modelo de Catalão. (Texto: Luiz Estavam/Academia Catalana de Letras -ACL).

 

Escrito por: Badiinho Filho