28 de julho de 2022

BOLSISTAS DO PROBEM DEVEM RENOVAR BENEFÍCIO ATÉ 31 DE JULHO

Estudantes devem acessar site da Organização das Voluntárias de Goiás (ovg.org.br) para atualizar dados e renovar o benefício. A ação é obrigatória para manutenção da bolsa no próximo semestre

Beneficiários do Programa Universitário do Bem (ProBem) têm até o dia 31 de julho para renovar a bolsa no site da OVG. Foto: Aline Cabral

Os bolsistas veteranos do Programa Universitário do Bem (ProBem), da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), devem renovar o benefício até o próximo domingo (31/07). O processo de atualização de dados e renovação do benefício deve ser realizado pelo site da OVG (ovg.org.br) e é um dos requisitos obrigatórios para a permanência do bolsista no quadro de beneficiários no semestre 2022/2.

O programa conta com cerca de 12 mil bolsistas, atualmente. A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, reforçou a importância da atualização dos dados. “É importante lembrar que todos os bolsistas devem efetuar essa renovação. Alguns, com grande alegria, chegaram à conclusão do curso e seguem agora para a vida profissional. Mas, para quem continua a caminhada acadêmica, é preciso se atentar aos prazos para não perder a bolsa”.

Para renovar o benefício, os universitários precisam acessar o site da OVG, clicar no banner do ProBem e seguir o passo a passo que aparecerá na tela, após login no sistema. Diretora-geral da organização, Adryanna Melo lembra que para efetivar a renovação o bolsista precisa ter participado das atividades do “Banco de Oportunidades”, disponibilizadas pela OVG ao longo do último semestre. “Essas atividades são uma forma de promover a integração do estudante com o mundo do trabalho, na sua própria área de formação, além de incentivar o voluntariado e esse lado social”, destaca.

 

ProBem

O terceiro processo seletivo do programa disponibilizou quatro mil bolsas para estudantes universitários em situação de vulnerabilidade social e que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Os valores da bolsa parcial correspondem a 50% do valor da mensalidade, limitado a R$ 650. Já as integrais correspondem a 100% do valor da mensalidade, limitado a R$ 1.500. As bolsas concedidas aos estudantes que cursam Medicina ou Odontologia têm limites maiores: R$ 2.900 para o benefício parcial e R$ 5.800 para o benefício integral.

 

Publicado por: Badiinho Moisés/Com informações da Organização das Voluntárias de Goiás – Governo de Goiás