anuncie

3 de setembro de 2020

QUANTO VALE UMA VIDA? FAMÍLIA ENTRA NA JUSTIÇA PARA CONSEGUIR CIRURGIA DO PAI QUE CUSTA MAIS DE R$ 640 MIL REAIS

Geraldo José Rodrigues, 62 anos de idade, luta contra o tempo para não perder a vida, pois sua sobrevivência depende de uma cirurgia de R$ 642 mil reais. Foto: Arquivo da família/Reprodução

As filhas e familiares do Senhor Geraldo José Rodrigues, 62 anos de idade, que ao sentir-se mal por algum tempo, procurou ajuda médica na cidade de Catalão, sendo diagnosticado com uma Aneurisma de Aorta Tóraco-Abdominal, fazendo-se necessário a sua internação primeiramente na Santa Casa de Catalão, e posteriormente sendo necessária sua transferência para o Hospital Nasr Faiad, onde está hospitalizado há exatos 28 dias, sendo necessário inclusive de leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde encontra-se atualmente em tratamento.

A angustia e desespero de suas filhas e demais familiares, aumentaram depois que um laudo médico pede uma cirurgia de emergência que custará algo entorno de R$ 642 mil reais, impossível de ser pago avista por elas e pela família de uma hora para a outra devido ao valor e suas condições financeiras. O recurso que tiveram, foi buscar essa procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para que seja feito o mais rápido possível.  Porém, até o presente momento, eles não conseguiram a liberação dos recursos para que o Senhor Geraldo seja operado, sabe-se lá onde.

Ao Badiinho, Daniela André Rodrigues, filha do Senhor Geraldo, disse que o quadro de saúde de seu pai está agravando a cada dia, pois teve um rompimento dessa aneurisma, está com início de trombose veia, além de já estar com insuficiência renal, pois foi necessário a administração de contraste por duas vezes para a realização de exames, e os rins ficaram comprometidos por decorrência da aneurisma.

Diante da complexidade, os familiares do Senhor Geraldo acionaram o Ministério Público de Catalão, que deu parecer favorável para que o Estado de Goiás pague pelo procedimento, sendo expedido uma decisão liminar pelo desembargador Jeová Sardinha de Moraes do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) no dia 24 de agosto.

Sem nenhuma resposta por parte do Estado, ontem, quarta-feira (02), o mesmo desembargador emitiu um novo Mandado de Segurança, dando um prazo de 05 dias para que seja cumprida a liminar concedida para a realização da cirurgia e disponibilização de vaga de UTI para o Senhor Geraldo José Rodrigues, sob pena de bloquei de verbas públicas.

O Badiinho já entrou em contato com a Secretaria da Saúde do Estado de Goiás (SES-GO), para saber qual é o posicionamento da pasta referente ao caso do Senhor Geraldo, e aguarda a nota da assessoria de comunicação da pasta.

 

VEJAS AS DECISÕES DO TJGO E OS LAUDOS MÉDICOS:

Decisão concessiva liminar Sr. Geraldo José Rodrigues 2

despacho 02.09.2020- Geraldo Rodrigues

CamScanner 08-27-2020 15.59.24

CamScanner 08-31-2020 12.12.08

CamScanner 08-31-2020 primeiro laudo

 

Escrito por: Badiinho Filho