anuncie

21 de dezembro de 2020

POPULAÇÃO INFLAMA NAS REDES SOCIAIS E VEREADORES DE CATALÃO RECUAM DO PROJETO RACHADÃO; PROJETO DE LEI 123 PREVIA AUMENTO DE SALÁRIOS PARA ASSESSORES

Projeto de Lei 123 que previa reajustes salariais para assessores e chefes de gabinetes do Poder Legislativo, foi criado pela mesa diretora que é composta pelos vereadores Luiz Pamonheiro (POD), Caçula (MDB), Cláudio Lima (MDB) e Rodrigão (POD). Foto: Reprodução.

Divulgado em primeira mão pelo Blog do Badiinho na última quarta-feira (16/12), o Projeto de Lei 123 de autoria da mesa diretora da Câmara Municipal de Catalão, o qual previa reajuste salarial de assessores de mais de R$ 3 mil para R$ 6 mil reais, e de chefes de gabinetes de mais de R$ 4 mil para R$ 7.200 reais, foi retirado de pauta e não entrou para votação após a população catalana inflamar nas redes sociais, e muitos deles, ameaçaram em fazer manifestações em caso de persistência.

Tentando explicar o inexplicável, o presidente da Câmara de Vereadores, Helson Barbosa ‘Caçula’ (MDB), disse que o projeto era nada mais nada menos do que uma regulamentação documentada do que já é praticado hoje, pois segundo ele, o projeto foi retirado após uma decisão do Tribunal de Contas dos Municípios (TCMGO) autorizando a prática de gratificação, porém, no texto do Projeto de Lei 123, não consta que os novos valores dos salários seriam fixos sem direito as gordas gratificações.

O mais interessante é que teve vereador que biquinho, ficou brabinho, pois queria a aprovação do tal projeto, que é legal mais imoral.

O nervosismo de tal vereador será devido a inviabilização do Rachadão?

Projeto de Lei 123 que previa reajustes salariais para assessores e chefes de gabinetes do Poder Legislativo, foi criado pela mesa diretora que é composta pelos vereadores Luiz Pamonheiro (POD), Caçula (MDB), Cláudio Lima (MDB) e Rodrigão (POD). Foto: Reprodução

 

Escrito por: Badiinho Filho