19 de fevereiro de 2016

POLÍTICA: PMDB inicia série de 20 encontros regionais

Escrito por: Samuel Straiotto/Diário de Goiás

Foto: Reprodução

sede_diretorio_pmdb_dantas2

Visando uma melhor estruturação nas eleições municipais do mês de outubro, o Diretório Estadual do PMDB inicia nesta sexta-feira (19), na cidade de Itumbiara, uma série de encontros regionais. A meta é fazer pelo menos 20 reuniões num período de 60 dias.

De acordo com o secretário geral do partido, deputado estadual Paulo César Martins, a proposta é de fortalecer as bases eleitorais do PMDB nas diferentes regiões de Goiás.

“O PMDB tem uma militância muito grande. Sempre estava um pouco desanimada. Agora a proposta é de alavancar um processo de discussão dos problemas do estado e o PMDB tem um papel importante, fortalecendo as bases eleitorais do PMDB”, destacou.

De acordo com o secretário geral do PMDB, Paulo César Martins, o diretório estadual pretende correr contra o tempo e até o mês de abril promover pelo menos 20 encontros regionais. Em abril, termina o prazo para novas filiações partidárias.

“São praticamente 20 encontros que pretendemos fazer, em cada um abrangendo pelo menos 15 ou até 20 cidades. O presidente elaborou um calendário. Vamos fazer com toda a tranquilidade. Estamos com a dificuldade de tempo, pois em abril termina o prazo para as filiações, estamos buscando pessoas para serem candidatos a prefeitos e vereadores no maior número possível de municípios”, afirmou.

Itumbiara

O primeiro encontro regional está previsto para esta sexta-feira (19) em Itumbiara. A ideia é de que participem representantes de outros municípios da região sul do estado, onde o PMDB tem atuação. Os líderes do partido pretendem atrair novas lideranças que possam ser candidatos a prefeito e vereador na região.

“A proposta do presidente do partido Daniel Vilela é de buscar a fala com todos os municípios. Vamos começar por Itumbiara, onde abrange 14 cidades da região como: Aloândia, Pontalina, Cachoeira Dourada, Gouvelândia, Inaciolândia. Vamos discutir as candidaturas de vereador e de prefeito”, ressaltou o deputado Paulo César Martins.