2 de Maio de 2020

ÓRGÃOS MUNICIPAIS FAZEM FISCALIZAÇÃO NO COMÉRCIO DE CATALÃO; EM CASO DE DESCUMPRIMENTO DE NORMAS DO DECRETO, ESTABELECIMENTO PODERÁ SER INTERDITADO

Vigilância Sanitária e demais órgãos do município estão sendo auxiliados por agentes da SMTC e por policiais militares do 18º Batalhão de Polícia Militar. Foto: Divulgação/Reprodução

Órgãos municipais de Catalão como a Vigilância Sanitária, com apoio da Superintendência Municipal de Trânsito de Catalão (SMTC) e da Polícia Militar, estiveram e ainda estão fazendo o trabalho de fiscalização e orientação aos comerciantes de Catalão, para que sejam cumpridas das normativas do decreto municipal publicado no mês passado de flexibização das medidas de prevenção contra a disseminação do coronavírus (Covid-19).

De acordo com reportagem da TV Sucesso Catalão, os comerciantes estão sendo orientados com relação as normas do novo decreto municipal, publicado no dia 22 de abril pelo prefeito Adib Elias, flexibilizando vários pontos, e que permitiu a reabertura de praticamente todos os comércios da cidade.

De acordo com a matéria, as principais orientações são com relações as aglomerações em estabelecimentos, como por exemplo em restaurantes e lanchonetes, onde não é permitido mais que duas pessoas juntas em uma mesma mesa, independentemente de vínculo afetivo,  as quais, devem estar no mínimo dois metros de distância uma da outra. Nos bares, restaurantes e lanchonetes, como também nos demais estabelecimentos, é obrigatório o uso de máscaras, tanto os clientes quanto os funcionários, além do estabelecimento ter que deixar disponível o álcool em gel em local de fácil acesso.

Outra questão destacada na matéria, é que em um primeiro momento, os comerciantes que não estavam cumprimento as normativas do decreto, receberam as orientações por meio de notificações, e em caso de reincidência, o proprietário poderá ter o seu estabelecimento interditado.

Vários estabelecimentos comerciais de Catalão já foram visitados. Foto: Divulgação/Reprodução


ASSISTA A REPORTAGEM COMPLETA:

 

Escrito por: Badiinho Filho