26 de janeiro de 2013

Deu no Brasil247

REITOR DO IFG CONFIRMA CAMPUS PARA CATALÃO

Primeira etapa do projeto terá início no segundo semestre de 2013, com a criação de um pólo do Instituto Federal Goiano na cidade; notícia do investimento de R$ 10 milhões foi dada por Vicente Pereira de Almeida ao prefeito Jardel Sebba, na companhia do secretário de Ciência e Tecnologia, Mauro Faiad.

DSCN3684

Dez milhões de reais em investimentos. Este é o valor do projeto de implantação de um campus do Instituto Federal Goiano, em Catalão. A notícia foi dada na sexta-feira, 25, no gabinete do prefeito Jardel Sebba (PSDB), pelo reitor do IFG, Vicente Pereira de Almeida.

Acompanhado do secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Mauro Faiad, o reitor do IFG deu a boa notícia ao prefeito Jardel Sebba. A contrapartida da prefeitura será a locação de um prédio para o início das atividades. A sede será construída após a prefeitura adquirir uma área de, no mínimo, 20 mil metros quadrados para o novo campus do IFG.

“Há dois anos tentamos firmar esta parceria, com o apoio do governador Marconi Perillo, e o que faltava, agora não falta mais, que é a disposição do prefeito Jardel Sebba”, argumentou Mauro Faiad.

O reitor do IFG anunciou concurso para contratação de dez professores e seis técnicos administrativos já no segundo semestre. “É o passo para que o Ministério da Educação autorize o polo em Catalão”, justificou.

No início, o Instituto deve ofertar cursos técnicos nas mais variadas áreas. Uma audiência pública nos próximos meses vai apurar as principais demandas. Após a construção da sede do campus, serão ofertados cursos de graduação e pós-graduação, incluindo mestrado e doutorado. “Vamos saber da comunidade quais os cursos mais desejados, e há possibilidade de oferta nas áreas de agronomia, veterinária, zootecnia, entre outras”, comemorou Jardel Sebba.