14 de fevereiro de 2020

CRIME BÁRBARO CONTRA MENINA DE 2 ANOS E 2 MESES, EM VICENTE PIRES, COMOVE O BRASIL INTEIRO; JÚLIA FÉLIX MORAES FOI MORTA A FACADAS

ulia Felix de Moraes, de 2 anos, foi morta no Distrito Federal. Foto: Instagram/Reprodução

Um crime bárbaro que chocou o Brasil inteiro, e o pior, a mãe é a provável responsável pela morte covarde e brutal da menina Júlia Félix Moraes, de apenas 2 anos e 2 meses. O crime aconteceu na manhã da última quinta-feira (13), em Vicente Pires, no Distrito Federal.

De acordo com o site Correio Braziliense, A mãe da menina, Laryssa Yasmin Pires de Moraes, 21, confessou o homicídio e está presa.


SOBRE O CRIME

Corpo da bebê foi encontrado no quarto da quitinete. Foto: Instagram/Reprodução

Laryssa Yasmin Pires de Moraes, 21 anos, é suspeita de matar a própria filha, Júlia Félix de Moraes, de 2 anos e 2 meses, com golpes de faca. Ela foi presa nas primeiras horas de ontem, quinta-feira (13), na chácara 124 da Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires.

O crime aconteceu na casa do pai de Laryssa, Gilvan Félix. Laryssa, mãe da criança, estava morando no local há poucos dias. Após vitimar a própria filha, a suspeita partiu para cima de Gilvan, que estava dormindo. No entanto, ele conseguiu se defender e tirar a faca da mão da mulher, embora tenha ficado com ferimentos no rosto e na mão, de acordo com informações do Jornal de Brasília.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local e constatou o óbito da criança. A PMDF efetuou a prisão em flagrante. Quando chegou ao local, os policiais encontraram Laryssa ao lado do corpo da filha, gritando “Não sei, não sei. Matei minha filha!”

Ainda de acordo com os policiais, a suspeita não teria ingerido álcool e nem substâncias ilícitas antes do crime. Ela foi levada à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro). O pai da criança também foi preso.


PARTICIPAÇÃO DO PAI FOI DESCARTADA PELA POLÍCIA

A Polícia Civil do Distrito Federal descartou a participação do pai no assassinato da menina Julia Felix de Moraes, de 2 anos e 2 meses, na manhã desta quinta-feira (13) no Distrito Federal. A mãe da menina, Laryssa Moraes, de 21 anos, está presa e é suspeita de esfaquear a filha.

Segundo o delegado Josué Ribeiro, da 12ª Delegacia de Polícia, os depoimentos do pai da menina, Giuvan Felix, de 25 anos, e da mãe dela foram contraditórios. No entanto, outros indícios apontam que a jovem foi quem matou a filha. (Fonte: G1-DF).

 

Escrito por: Redação