• 64 99927 3817
anuncie

25 de março de 2020

107 ATESTADOS MÉDICOS DE SERVIDORES MUNICIPAIS DA SAÚDE DE CATALÃO, FORAM APRESENTADOS NOS ÚLTIMOS SETE DIAS; PREFEITO ADIB ELIAS DISSE QUE NÃO ACEITARÁ, E QUE TODOS PASSARÃO POR PERÍCIA MUNICIPAL

Secretário Municipal de Saúde, Velomar Gonçalves Rios, e o Prefeito de Catalão, Adib Elias, pousam para a foto exibindo a pilha de atestados médicos de servidores da rede municipal de saúde, apresentados nos últimos sete dias. Foto: Facebook/Reprodução

CORONAVÍRUS – COVID-19| O Prefeito de Catalão, Adib Elias, postou foto em sua página no Facebook ao lado do Secretário Municial de Saúde, Velomar Rios, exibindo os mais de 100 atestados médicos apresentados por servidores da rede municipal de saúde do município de Catalão, os quais, de acordo com o texto de legenda na postagem da fotografia, não serão aceitos, e todos eles, passarão por perícias municipal.

De acordo com o Prefeito, em apenas sete dias, 107 atestados com pedidos de afastamentos dos postos de trabalho foram apresentados.

“Já antecipo que, não aceitaremos nenhum atestado, seja de qualquer período de dias, e iremos enviá-los para a Perícia Municipal, sob pena do servidor ter o ponto cortado, de acordo com o artigo 6º, do decreto nº 2051”, afirmou Adib Elias em sua publicação.

Leia na íntegra:

Consciência| Antes de ser prefeito, sou médico, e entendo que servidor da saúde tem um papel preponderante na sociedade ainda mais num momento difícil como esse, no qual enfrentamos uma pandemia. Além de fundamentais, são considerados heróis no combate ao Coronavírus. E me entristece profundamente, receber centenas de atestados médicos de servidores da Secretaria Municipal de Saúde neste momento. Em sete dias, a secretaria recebeu 107 atestados com pedidos de afastamento do trabalho.

Já antecipo que, não aceitaremos nenhum atestado, seja de qualquer período de dias, e iremos enviá-los para a Perícia Municipal, sob pena do servidor ter o ponto cortado, de acordo com o artigo 6º, do decreto nº 2051. A medida expressa por decreto municipal, é com base na situação de emergência no âmbito da saúde pública do país.

Em nome da população, reitero extrema gratidão aos trabalhadores da saúde que estão na linha de frente contra a pandemia, e com certeza, tudo que o poder público puder fazer para reconhecê-los e valorizá-los, será feito. Inclusive, para aqueles profissionais da saúde que combatem diretamente o novo vírus, concedi hoje gratificações para serem incorporadas aos seus salários.

Não se esqueçam, nosso maior recurso no momento é a conscientização, e isso é para todos!


VEJA A PUBLICAÇÃO NO FACEBOOK: 

 

Escrito por: Badiinho Filho