• 64 99927 3817
anuncie

16 de janeiro de 2020

IDOSO MORRE COM SUSPEITA DE DENGUE EM CATALÃO; SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ANALISA O CASO

Foto: Reprodução

A morte de um idoso de 65 anos é investigada pela Secretaria de Estado da Saúde em Goiás (SES-GO) como suspeita de dengue. O caso é de Catalão. A Santa Casa de Catalão, onde o idoso estava internado antes de morrer, informou que ele deu entrada no hospital no dia 6 de janeiro e morreu no início da noite do dia 11.

A Secretaria Municipal de Saúde de Catalão informou que está analisando o caso.

O boletim epidemiológico da doença apontou ainda 268 casos confirmados, sendo que duas cidades são consideradas pela análise como de “alto risco”: Lagoa Santa e Montes Claros de Goiás.

Os dados são referentes aos dias entre 29 de dezembro de 2019 e 11 de janeiro de 2020. O número de casos notificados nesse período foi de 961.

Santa Casa de Catalão Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

COMBATE À DENGUE

No ano de 2019, segundo a SES, foram cerca de 150 mil casos e quase 80 mortes confirmadas pela doença. Há ainda outras sob investigações.

A dona de casa Leila Regina Bartasson, moradora de Goiânia, disse que faz o possível para evitar criadouros e espantar o mosquito. Segundo ela, toda a família já teve dengue.

“Isso é álcool, com óleo de amêndoas, cravo. Somente. A gente borrifa nas plantas, nas telas, porque afasta.”, aconselhou para quem quiser uma receita caseira para espantar o mosquito.

 

 

Escrito por: Redação/Portal G1 Goiás