• 64 99927 3817
anuncie

4 de dezembro de 2019

CHUVA DE ONTEM EQUIVALE A 18% EM RELAÇÃO A MÉDIA HISTÓRICA DE DEZEMBRO; PREFEITURA DE CATALÃO DIZ QUE REALIZARÁ ESTUDOS EM PONTOS CRÍTICOS DE ALAGAMENTOS

Grande volume água em curto espaço de tempo em Catalão, no início da tarde de ontem, gerou alguns alagamentos. Prefeitura de Catalão disse que fará estudos no período de estiagem para eliminar problemas. Foto: Leitor/Reprodução

Segundo o Professor Rafael de Ávila do Laboratório de Climatologia da Universidade Federal de Catalão (UFCAT), foram 2 horas de forte chuva que caiu sobre a cidade de Catalão no início da tarde de ontem, terça-feira (03/12), a qual provocou alagamentos em vários pontos da cidade, foi de 50mm, o equivalente a 18% em relação à média histórica para dezembro.

Já com relação aos alagamentos em vários pontos da cidade de Catalão, compartilhados por diversas pessoas em grupos de Whatsapp e com a redação do Blog do Badiinho, o secretário de comunicação, Luiz Carlos Bordoni, afirma que são problemas pontuais e antigos na cidade, mas que só agravam quando se registra chuvas torrenciais como aconteceu ontem em Catalão. Bordoni também afirmou, que por meio da Secretaria de Infraestrutura, quando vier o período de estiagem, serão realizados estudos nos pontos de alagamentos mais caóticos, afim de eliminar tais problemas.

O secretário de comunicação, Luiz Carlos Bordoni, citou como exemplo, a obra de extensão da canalização do Córrego Pirapitinga, na Avenida Raulina Fonseca Paschoal, comentando um vídeo feio por um morador, que faz elogios a obra, afirmando que vêm suportando bem as chuvas torrenciais que são registradas com frequência nesta época do ano. Veja o vídeo abaixo:

 

SOBRE A FORTE CHUVA DA ÚLTIMA TERÇA, EM CATALÃO 

Um grande volume de água em aproximadamente 30 minutos, logo no início da tarde desta terça-feira (03/12), provocou alagamentos em alguns pontos da cidade de Catalão, como na Avenida Raulina Fonseca Paschoal, próximo ao Reis Supermercado, na Salustino da Paz, no Setor Ipanema, e um caso mais crítico, foi registrado na Rua Professor Francisco Victor Rodrigues, no bairro Santo Antônio, local onde um grande volume de água que desce do bairro Três Cruzes e adjacência até a rua acima citada.

Outra intercorrência registrada durante o temporal, foi na Faculdade UNA, onde a água da chuva invadiu a parte externa da unidade e chegou a entrar no auditório.

Grande volume de água invadiu a faculdade UNA, no Setor Santa Cruz. Foto: Leitor/Reprodução
Dependências da faculdade UNA, no setor Santa Cruz, durante o temporal de ontem. Foto: Leitor/Reprodução

 

 

 

Escrito por: Badiinho Filho