• 64 99927 3817
anuncie

9 de outubro de 2019

REGIÃO CENTRAL DE CATALÃO SOFRE COM QUEDAS DE ENÉRGIA ELÉTRICA; AVENIDAS RAULINA.F.PASCHOAL E FARID MIGUEL SAFATLE SÃO AS MAIS AFETADAS E COMERCIANTES ACUMULAM PREJUÍZOS

População e comerciantes da região central de Catalão, e de praticamente todos os bairros da cidade, sofrem com constantes interrupções no forneciemnto de energia elétrica. Foto: TV Sucesso Catalão/Reprodução

O sistema energético em Catalão e nas cidades da nossa região está vivendo uma situação muito complicada, pois são constantes interrupções e quedas repentinas em praticamente todos os bairros de Catalão. As queixas mais recentes vieram de moradores e comerciantes do setor central da nossa cidade, especificamente das Avenidas Farid Miguel Safatle e da Raulina Fonseca Paschoal (Córrego Pirapitinga).

Reportagem do Balanço Geral, apresentado pelo Jornalista Fernando Garcia, da TV Sucesso Catalão, emissora afiliada da Rede Record de Televisão, mostrou o drama vivenciado pelos moradores e comerciantes da Avenida Raulina Fonseca Paschoal.

Para que os nossos leitores entendam melhor e fiquem a par da situação, transcrevemos a matéria da emissora de televisão, a qual você pode conferir abaixo:

Muitos moradores e comerciantes que trabalham no centro da cidade, estão na bronca com Enel. O problema, segundo eles, são as constantes quedas de energia principalmente num determinado ponto da Avenida Raulina Fonseca Paschoal, próximo ao Disque Bebidas.

“Nós estamos sofrendo problemas com o abastecimento de energia a mais de seis meses aqui na Avenida Raulina Fonseca Paschoal. Situação lamentável, pois a chave cai, e nós temos que aguardar 6h, as vezes 08 horas para ser religado, e eles vêm, liga a chave, mas não procuram o problema. A empresa teria que procurar o problema que está ocasionando esse desligamento. Devido a este problema, são prejuízos incalculáveis que nós estamos tendo com os nossos comerciantes”, relatou um dos comerciantes entrevistados.

De acordo com um dentista, o qual o seu consultório é instalado na região afetada, o problema tem sido cada vez mais frequente. “É recorrente, ontem, por exemplo aconteceu a mesma coisa, hoje está acontecendo novamente, e a gente liga para a Enel, conversa, explica, eles vêm, liga de novo a chave e volta a cair novamente. Então assim, todos os empresários dessa região estão sofrendo com isso”, afirmou o dentista ao repórter Gustavo Marinho.

Por causa da interrupção no fornecimento de energia, o especialista disse que deixou de atender cerca de 40 pacientes. “Além de ser prejudicial com a questão financeira, as vezes a gente pode estar no meio de um procedimento cirúrgico, as vezes possam estar fazendo uma cirurgia no paciente, a energia acaba, não tem como dar continuidade. Eu tenho aqui um sistema de gerador, só que eu tenho autonomia apenas de 1 hora, só que a energia está retornando depois de 3, 4, 5 horas depois. Então assim, um dia que eu atendo entorno de 40 pacientes, atender as vezes cinco, seis pacientes, o prejuízo financeiro é alto”, desabafou o dentista.


COMERCIANTES RECLAMAM BASTANTE DE PREJUÍZOS

“Muito, eu tenho prejuízos na prestação de serviços, porque eu faço serviço de banho e tosa, e tenho prejuízos em ralação a produtos, por exemplo: eu tenho um estoque grande de vacinas, então a minha geladeira está perdendo temperatura, e com isso eu vou ter que jogar as vacinas fora, porque elas precisam serem armazenadas numa temperatura ideal, e a partir do momento em que ela não está nesta temperatura, eu não posso mais vacinar o animal, então o prejuízo é muito grande”, afirmou uma comerciante, proprietária de uma Loja Pet Shop onde as quedas estão acontecendo constantemente.

A expectativa é que o problema seja resolvido definitivamente e o mais rápido possível.

“Infelizmente a gente tem sofrido bastante com isso, eles resolvem, mas é de uma forma muito paliativa, vêm, resolvem, no dia acontece novamente, e a gente não tem uma solução definitiva ainda para este problema”, finalizou a dona da Loja Pet Shop.


APRESENTADOR DO BALANÇO GERAL DE CATALÃO FAZ PROTESTO CONTRA FALHAS NO SISTEMA ENERGÉTICO, APAGANDO AS LUZES DO ESTÚDIO 

Apresentador do Balanço Geral Catalão, Fernando Garcia, apagou as luzes de seu estúduio em protesto as recorrentes falhas na rede de energia elétrica de Catalão. Foto: TV Sucesso Catalão/Reprodução

Em protesto, o apresentador Fernando Garcia, apagou as luzes do estúdio do Balanço Geral, e segurando um celular para iluminar o seu rosto, quando chamado de volta assim que a matéria terminou. “Pois é gente, tá me vendo não? Tô aqui oh! É assim que a gente está tendo que viver aqui em Catalão, em alguns bairros, no centro, na cidade inteira. Na semana passada eu tive que cortar o cabelo desse jeitinho aqui (sendo iluminado pelo celular)”, protestou o apresentador.

ENEL DISSE QUE PROBLEMA DAS QUEDAS FOI POR FALHAS EM TRANSFORMADOR E QUE ENVIOU PROFISSIONAIS PARA AVALIAREM A SITUAÇÃO NO LOCAL 

Segundo a Enel Distribuição, as quedas ocorridas na Avenida Raulina. F. Paschoal, foram ocasionadas por falhas em transformador. Foto: TV Sucesso Catalão/Reprodução

Em nota, a assessoria de comunicação da Enel Distribuição Goiás, disse que a falha num transformador na rede elétrica que atende essa avenida, causou interrupção no fornecimento de energia para alguns clientes para aquela região da cidade. A empresa ainda na nota, que equipes trabalharam no local para reestabelecer o fornecimento mais breve possível. Na mesma nota, a companhia disse que enviou uma equipe para verificar a rede elétrica da região afetada, para tentar descobri o que vem causando tantas quedas de energia.


ASSISTA A REPORTAGEM


COMERCIANTES DA AVENIDA FARID MIGUEL SAFATLE TAMBÉM FORAM AFETADOS COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

Comerciantes da Avenida Farid Miguel Safatle, em Catalão, também sofrem com falhas no fornecimento de energia elétrica. Foto: Leitor/Reprodução

Outra região do centro de Catalão que está sofrendo com recorrentes interrupções no fornecimento de energia elétrica, é a Avenida Farid Miguel Safatle, em frente a Justiça do Trabalho.

Segundo relatos de comerciantes, na semana passada, nos dias 03 e 4 de outubro, o fornecimento de energia foi interrompido das 14 às 20h, e teve comerciante que teve que até fechar o seus estabelecimento por não terem condições de atenderem seus clientes devido à falta de energia.

Os comerciantes também reclamam das recorrentes quedas de fases na região.

 

Escrito por: Badiinho Filho