• 64 99927 3817
anuncie

19 de setembro de 2019

EM CATALÃO, QUEIMADAS AUMENTARAM CERCA DE 30% NOS ÚLTIMOS MESES; BOMBEIROS AFIRMAM QUE FORAM MAIS DE 200 OCORRÊNCIAS EM APENAS DOIS MESES

Bombeiros afirmam que a maioria das queimadas são provocadas por ação humana. Foto: TV Sucesso/Reprodução

Tempo quente, baixa umidade relativa do ar, e quatro meses sem chuva, e para piorar, o número de queimadas em nossa região teve um aumento de 30%. Segundo o Corpo de Bombeiros de Catalão, foram quase 200 ocorrências só nos últimos dois meses, situação bastante preocupante.

“Preocupa muito, porque nós estamos tendo cada vez mais focos de incêndio, isso tanto na zona urbana, quanto na zona rural, e a cada dia as ocorrências tem aumentado, como as ocorrências de grande vulto, onde o bombeiro passa praticamente o dia todo, as vezes a noite toda combatendo esses incêndios. Temos incêndio em lote baldio, vegetação dentro da área urbana, onde as pessoas colocam fogo para fazer a limpeza daquele local, além dos grandes incêndios envolvendo fazendas da região, muitas vezes esses incêndios são criminosos, provocados por pessoas que querem fazer uma limpeza do local, podendo ocorrer os casos naturais, mais a grande maioria é por ação humana”, disse Aurélio Martins, do Corpo de Bombeiros de Catalão.

Capitão Aurélio Martins – 10º Batalhão de Bombeiro Militar. Foto: TV Sucesso/Reprodução

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ainda falta muita consciência. “O período já é difícil, muito seco, com a umidade relativa do ar muito baixa, e isso por si só já causa incêndios pela questão ambiental, mas ainda alinhado a questão humana, onde sempre as pessoas colocam fogo para fazer limpeza, e isso é o que a gente percebe na maioria dos casos de incêndios urbanos por exemplo, que as pessoas colocam para fazer limpeza de lotes, ou juntam um entulho e quer extinguir o entulho colocando fogo, e esquecem da produção de fumaça tóxica, a qual vai para dentro das residências, invade creche, hospitais e traz prejuízos para a saúde das pessoas, isso é o mais grave, além do crime ambiental, pois temos a fauna a flora e a vegetação toda sendo destruída pelo fogo”, finalizou o Capitão Aurélio Martins, do 10º Batalhão de Bombeiro Militar.

A população pode fazer sua parte, denunciando casos de incêndios criminosos, fazendo as denúncias aos órgãos policiais responsáveis pelas investigações, pois trata-se de um crime ambiental, previsto em Lei, e punição pode acabar até na prisão do indivíduo.

Baixa umidade do ar é um dos principais fatores para o aumento de queimadas, porém, ação humana ainda lidera as causas de incêndios urbanos. Foto: TV Sucesso/Reprodução


ASSISTA A REPORTAGEM

 

Escrito por: Badiinho Filho/Com informações da TV Sucesso – Rede Record