• 64 99927 3817
anuncie

13 de setembro de 2019

APÓS PRISÃO DE COMPANHEIRO, AVÓ CULPA NETA DE 9 ANOS ESTUPRADA; “VAI INDO, HOMEM NÃO AGUENTA”

Foto: Arquivo pessoal/Reprodução

Após a prisão de seu companheiro de 72 anos, a avó culpou a neta de 9 anos que era estuprada pelo idoso dizendo que “vai indo, o homem não aguenta”. O caso aconteceu em Indiara, sudoeste de Goiás, e o mandado de prisão foi cumprido na última quarta-feira (11/9).

Após saber do estupro, a mulher enviou áudios para a mãe da menina tentando culpar a menina pelos abusos sofridos. “Aceitava porque você é sem vergonha”, disse a avó em um trecho do áudio.

Confira o que foi dito pela avó:  “Ele falava que essa menina era muito ‘fogueteira’. Vivia só em ‘riba’ dele, querendo dinheiro com ele. […] Esfregando nele por causa de dinheiro. Vai indo, o homem não aguenta”.

“Ela vem com aquelas brincadeirinhas: Vovó, rindo brincando, o vovô está me abraçando e me beijando. Aceitava porque você é sem vergonha, por que você não saia de perto dele? Pra quê? Por que tem que ficar atrás dele pedindo dinheiro? Pra quê? Mulher que pede dinheiro pra homem está querendo é outras coisas.”, completou a avó no áudio enviado para a nora.

Relembre: após prisão de companheiro, avó culpa neta estuprada

Um idoso de 72 anos foi preso nesta quarta-feira (11/9), em Indiara, suspeito de abusar da neta da companheira, que tem apenas 9 anos.

O caso foi descoberto após a menina assistir uma palestra na escola falando da importância de fazer a denuncia de casos de abuso. Quando chegou a casa a menina contou aos pais sobre os abusos.

A mãe da menina, uma dona de casa de 36 anos, contou que a menina estava com um comportamento agressivo e depois que ouviu a palestra chegou em casa e perguntou para o pai o que aconteceria caso alguém abusasse dela ou da irmã.

A Polícia cumpriu o mandado de prisão que tinha contra o idoso e o caso ainda está sendo investigado. Ele negou as acusações, mas a menina foi ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exames se houve conjunção carnal.

Foto: Divulgação da PC/Reprodução

 

Escrito por: Redação/Dia Online