• 64 99927 3817
anuncie

31 de agosto de 2019

JUSTIÇA DE GOIÁS DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE ALUNO SUSPEITO DE MATAR A FACADAS PROFESSOR EM ÁGUAS LINDAS

Colégio Estadual Machado de Assis, em Águas Lindas de Goiás. Foto: Google Street/Reprodução

A Justiça de Goiás decretou, na manhã deste sábado (31), a prisão preventiva do aluno de 18 anos suspeito de esfaquear e matar o professor Bruno Pires de Oliveira, 41 anos, em uma escola estadual de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O crime ocorreu na última sexta-feira (30), no Colégio Estadual Machado de Assis, onde a vítima atuava na coordenação pedagógica. 

O pedido de prisão foi feito pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da cidade, que apura o caso. O estudante está foragido desde o ocorrido e é procurado por equipes das polícias Civil e Militar. Segundo informações preliminares, o estudante teria ficado descontente com medidas tomadas pelo educador, que não teria permitido que ele participasse de algumas atividades escolares. 

Bruno Pires de Oliveira, 41 anos, era professor de Geografia e coordenador pedagógico e foi esfaqueado na unidade. Bruno chegou a ser levado para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do professor começou a ser velado às 15 horas deste sábado (31). Segundo a família, que publicou as informações em um perfil do educador em uma rede social, as homenagens serão prestadas no Cemitério Campo da Esperança, em Taguatinga (DF), na capela 1. O sepultamento ocorrerá no mesmo local e está previsto para às 17h. 

 

Escrito por: Redação/O Popular