• 64 99927 3817
anuncie

25 de agosto de 2019

QUEDA DE HELICÓPTERO NO LAGO DAS BRISAS, EM BURITI ALEGRE DE GOIÁS, MATA TRÊS E DEIXA UMA PESSOA FERIDA; ENTRE OS MORTOS ESTAVAM UMA SERVIDORA DA ALEGO

Três pessoas morreram em queda de helicóptero no Lago das Brisas, em Buriti Alegre. Entre as vítimas estava uma servidora da Assembleia Legislativa de Goiás. Foto: Divulgação CBMGO/Reprodução

A comunicação Social do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás (CBM/GO), informou que o acidente com um helicóptero, no Lago das Brisas, em Buriti Alegre de Goiás,  aconteceu por volta das 22 horas de ontem, sábado (24/08).

Segundo relatos de testemunhas, o piloto (Ricardo Magalhães Barros) que estava no helicóptero acompanhado de uma pessoa do sexo feminino, levantou voo do condomínio Nirvana sentido Hotel Lago das Brisas, onde se encontrariam com outras duas pessoas (Rhayza Fortunato Pereira Rodrigues e Mickaelly Damasceno). Ao fazer o caminho inverso o helicóptero já com quatros pessoas abordo, ainda por motivos desconhecidos, a aeronave caiu no lago.

O Corpo de Bombeiros  confirmou o óbito de três dos quatro passageiros, sendo o piloto do helicóptero, o piloto e duas passageiras, sendo a servidora da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), a jovem Miriam Carolina Fontana, e  Mickaelly Damasceno.  A  outra passageira, uma jovem de 24 anos, conseguiu se segurar em galhos de arvores próximo ao local do acidente, foi resgatada e transportada para o hospital municipal por terceiros.

Uma equipe da náutica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), composta por cinco mergulhadores do 6º batalhão, iniciou as buscas por volta das 5 horas da manhã deste domingo (25/08). Por volta das 14 horas, os corpos das três vítimas foram encontrados e retirados do lago.

A Polícia Civil e o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) investigam as causas do acidente.

Equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros durante os trabalhos de buscas. Foto: Divulgação CBMGO/Reprodução

PRESIDENTE DA ALEGO USOU AS REDES SOCIAIS PARA LAMENTAR A MORTE DA SERVIDORA 

Assim que se teve a confirmação dos nomes das vítimas, como o da servidora da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), o presidente da casa, o deputado Lissauer Vieira (PSB), usou o seu Instagram para lamentar a morte da jovem. Veja abaixo:  

 

Escrito por: Badiinho Filho/Com informações CBMGO