• 64 99927 3817
anuncie

30 de julho de 2019

SEM VENDER ÁREA EXTERNA PARA QUITAR DÍVIDAS TRABALHISTAS DOS ANOS DE 2013/2014, FICA CADA VEZ MAIS PRÓXIMO O LEILÃO JUDICIAL DO ESTÁDIO DO CRAC DE CATALÃO

Estádio Genervino da Fonseca, casa do CRAC de Catalão, do glorioso Leão do Sul, patrimônio da história bonita de nossa cidade, poderá ser leiloado por dívidas trabalhistas adquiridas nos anos de 2013/2014. Foto: Reprodução

Na última sexta-feira, 26 de Julho, em seu programa diário para as emissoras de rádios de Catalão, chamado de ‘Café Com o Prefeito’, Adib Elias voltou a falar do problema financeiro que o Clube Recreativo e Atlético Catalano (CRAC) enfrente há alguns anos, e confirmou que está cada dia mais perto, a possibilidade do Estádio Genervino da Fonseca ser leiloado, um dos patrimônios cultural e histórico da cidade e que faz parte da história de muita gente, fato este que ocorre por decorrência de dívidas trabalhistas adquiridas nos anos de 2013 e 2014.


SAÍDA É VENDER ÁREA EXTERNA DO ESTÁDIO GENERVINO DA FONSECA PARA QUITAR DÍVIDAS TRABALHISTAS, E ASSIM IMPEDIR VENDA DE TODA A ESTRUTURA DO CRAC DE CATALÃO

Prefeito de Catalão, Adib Elias, disse que dívidas trabalhistas já chegam aos R$ 14 milhões de reais. Foto: Internet/Reprodução

“Quando nós entregamos o CRAC no final de 2012, o entregamos sem nenhuma dívida, com dinheiro, e se não me engano, até dois carros 0 KM que faziam parte da estrutura do CRAC, ou seja, o entregamos sem nenhuma dívida. O que aconteceu, foi que em quatro anos, o CRAC fez uma dívida, que hoje está entorno de R$ 14 milhões, e quando nós pegamos o CRAC novamente, já em 2017, já estava ajuizado, inúmeras ações contra o CRAC. A pessoa que é advogada do outro lado, é advogada de grandes jogadores como o Ronaldinho Gaúcho, e ela têm conhecimento, essa Dra Mariju Ramos Maciel, praticamente já bloqueou tudo que tem no CRAC, e está pedindo, já algum tempo, que a estrutura do CRAC, o campo de futebol, a terceira idade, possa ir para leilão”, disse Adib Elias, a Luiz Carlos Bordoni, jornalista que comanda o programa institucional da Prefeitura de Catalão.

“Nós já tivemos no Tribunal Regional do Trabalho (TRT/GO), em Goiânia, mas o problema é que nós temos que vender a área externa do Genervino da Fonseca (fundo do estádio), e não estamos conseguindo vendê-la”, revelou o prefeito Adib, uma alternativa que quitaria a dívida e impediria o leilão de toda a estrutura do CRAC de Catalão, mas porém, até agora sem sucesso.

“Infelizmente, nós não gostaríamos nunca que o Estádio do CRAC vá a leilão, até porque cito como exemplo, que o CRAC é o único time campeão estadual no interior do Estado, várias vezes (três ou quatro) vice campeão, quase chegou a Série B do Campeonato Brasileiro em nossas mãos (2007), ou seja, é uma grande alegria para a nossa população. Existe gente que gosta de rodeio, existe gente que gosta da pecuária, existe gente que gosta da Festa do Rosário, e a prefeitura ajuda ambos eventos, e nós ajudamos o CRAC porque tem muita gente que gosta do CRAC de Catalão, mas se tirá-lo do Genervino da Fonseca, vai acabar o glamour da população, pois o povo gosta do CRAC, mas gosta do Genervino da Fonseca”, desabafou o prefeito de Catalão, Adib Elias Júnior.

Ouça a fala do Prefeitura de Catalão na íntegra: 

Veja reportagem da ESPN à época do início da crise financeira do CRAC de Catalão:  

http://www.espn.com.br/noticia/432243_desistencia-do-crac-na-serie-c-vira-jogo-de-empurra-no-interior-de-goia

 


Escrito por: Badiinho Filho