• 64 99927 3817
anuncie

10 de julho de 2019

POLÍCIA CIVIL CONCLUIU INQUÉRITO DO EMPRESÁRIO QUE MATOU A ESPOSA A FACADAS E SE SUICIDOU EM PIRES DO RIO EM MARÇO DESTE ANO; POLÍCIA CONFIRMA FEMINICÍDIO

Foto: Divulgação da PC/Reprodução

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio da Delegacia de Polícia de Pires do Rio/9a DRP, informa oficialmente a conclusão do Inquérito Policial em que se investigou as mortes de KÁTIA ALVES TEIXEIRA TOMAZINI e FÁBIO TOMAZINI, encontrados mortos na noite Do dia 06 de março deste ano, em sua residência, situada na região central de Pires do Rio-GO.

“Modus operandi”: golpes de natureza pérfuro-cortantes, predominantes na região torácica de ambos, tendo sido utilizada uma faca de uso doméstico.

Iniciadas as investigações, foram realizadas extensas e complexas diligências policiais, tendo sido necessários, entre outras medidas, diversos exames periciais, a exemplo de Laudos Cadavérico e do minucio e extenso Laudo de Local de Mortes Violentas, indispensáveis à conclusão das apurações, que demandou dilação de prazo para sua finalização.

Os pormenores e as diligências realizadas não serão detalhadas devido à natureza sigilosa do Inquérito Policial, mas a Polícia Civil pode confirmar que todos os elementos de convicção reunidos permitiram, enfim, concluir que KÁTIA A. T. TOMAZINI foi vítima de Feminicídio, nos termos do art. 121, §2º, inc. VI, do Código Penal*, perpetrado pelo ex-marido FÁBIO TOMAZINI, que em seguida, cometeu *suicídio* utilizando a mesma faca utilizada no crime.

A hipótese de envolvimento de terceiros foi completamente descartada.

Os autos do Inquérito Policial foram encaminhados ao Poder Judiciário, para apreciação do Ministério Público e providências cabíveis, nesta data (09.07.19).

 

RELEMBRE O CASO 

Casal Kátia e Fábio Tomazini. Foto: Redes Sociais/Reprodução

O filho da ex-prefeita de Pires do Rio, Cida Tomazini de 42 anos de idade matou a mulher e depois se matou, na noite de quarta-feira (06/03), em uma casa no Setor Nova Vila, no município que fica na região Sudeste de Goiás. Os corpos foram encontrados por volta das 23 horas e apresentava sinais de facadas. 

Testemunhas contaram que o casal estava morando em casas separadas e na noite desta quarta-feira Fábio, que é sócio e diretor comercial da empresa, foi até a residência da mulher, Kátia Alves Teixeira Tomazini, de 39 anos. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) foi acionado e atestou as mortes. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Caldas Novas, na região Sul do Estado,  onde foram feitos os exames. (Fonte: J. O Popular).

 

Escrito por: Redação/Com informações da Polícia Civil