• 64 99927 3817
anuncie

10 de janeiro de 2019

DEMOLIÇÕES EM TRÊS RANCHOS: ACOMPANHADO DE COMITIVA, HUGO DELEON SE REUNIU COM DIRETORES DA CEMIG EM UBERLÂNDIA-MG

No centro da foto, prefeito Hugo Deleon está ao lado do Gerente de Ativos da Cemig- Uberlândia/MG ; Marcio Gustavo Dias Guimarães e equipe, Prof. Ms Laurindo Elias Pedrosa, Vereador Vinicius Calaça, Secretária de Meio Ambiente Clicia. S. Feitosa, Valter Hugo Vieira Faria- Gerência de Relacionamento Poder Público Cemig,  Dr. Randall Mello, Procurador do Município de Três Ranchos. Foto: Reprodução

Ao lado de Professor universitário na UFG/UFCAT e defensor de causas ambientais, Laurindo Pedrosa, Secretária de Meio Ambiente e Turismo, Clícia Feitosa, Presidente da Câmara, Vinicius Calaça e o Procurador do Município de Três Ranchos, o prefeito Hugo Deleon, participou na tarde de ontem, quarta-feira (09), em Uberlândia-MG, de uma reunião com diretores da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), na qual foi discutido o processo de demolições das casas que foram construídas dentro da cota 661, ou seja, dentro dos reservatórios da usina hidrelétrica, mas as quais Hugo havia dito que foram invasões de boa-fé, pois na época, a Cemig não havia feito a devida comunicação necessária alertando os donos das propriedades.

O Prefeito Hugo Deleon, disse além da comitiva que o acompanhava, também participaram da reunião, três diretores, corpo jurídico, gestão e Marketing da Cemig.

Na reunião, Hugo disse que ficou firmado uma parceria com a Cemig, para que nao se tenha mais demolições em Três Ranchos. Porém, Hugo disse que não será uma tarefa fácil, que em uma conversa aberta e direta, os diretores da Cemig afirmaram que não é de interesse deles promoverem as demolições, mas que é uma obrigação legal que a Cemig teria que cumprir, cumprindo as exigências de proteger as propriedades que pertencem à União, e o que ficou decido na reunião, é que serão estudadas novas alternativas que não sejam as demolições.

No dia 05 de dezembro, casa de cerca de 500 metros quadrados de construção e avaliada em aproximadamente R$ 2 milhões de reais, foi demolida pela Cemig. Foto: Badiinho Filho

O próximo passo, segundo o prefeito de Três Ranchos, será um contato a ser feito com o Ministério de Minas e Energia, um dos órgãos que faz exigências para a Cemig fazer a proteção dos patrimônios nas margens dos reservatórios. Deleon também afirmou que irá precisar muito das forças políticas para vencer a luta, como deputados estaduais, federais e até do Governador Ronaldo Caiado (DEM), para que as demolições não voltem a acontecer na cidade do lago azul.

“Para conseguirmos essa vitória, vai depender muito do Ministério de Minas e Energia e da Enel, que são os órgãos reguladores da geração de energia elétrica. Não é competência da Cemig parar ou não as demolições, que fique bem claro isso, mas aqui hoje (quarta-feira -10/01), firmou-se uma grande parceria, entre o município de Três Ranchos e a Cemig para que as demolições não voltem a acontecer”, disse o prefeito Hugo Deleon, em transmissão ao vivo em sua página no Facebook.

“Não quero dar falsas esperanças para ninguém, não será tarefa fácil, é uma missão muito difícil da gente interromper essas demolições, e informar que em outros municípios, também haverá demolições, como Cascalho Rico-MG, Nova Ponte-MG, ou seja, não é somente nossa cidade, e iremos nos unir com essas prefeituras mineiras para lutarmos contra essas demolições”, finalizou o prefeito de Três Ranchos. Assista o vídeo:

Entenda o caso

Escrito por: Badiinho Filho