• 64 99927 3817
anuncie

9 de janeiro de 2019

DAVINÓPOLIS-GO: IRMÃO DE VEREADOR É ASSASSINADO A TIROS EM SUA FAZENDA; SUSPEITO DO CRIME É ADOLESCENTE DE APENAS 16 ANOS DE IDADE

O produtor rural Jairs Candido Neto, 58 anos de idade, foi morto a tiros em sua fazenda, em Davinópolis. Foto: Redes Sociais/Reprodução

Um ex-funcionário da Caixa Econômica Federal, que por mais de 20 anos cuidou da segurança da agência bancária, foi assassinado no início da noite de ontem, terça-feira (08), em uma fazenda do município de Davinópolis, cidade localizada a pouco mais de 50 quilômetros de Catalão. A vítima, Jairs Cândido Neto, 58 anos de idade, era irmão do vereador Laís Sebastião Cândido Neto.

As primeiras informações que chegaram ao Blog do Badiinho, era de que no local havia acontecido um latrocínio, principalmente por conta de um áudio do irmão da vítima que teria encontrado o corpo do irmão, que desesperadamente pedia por socorro por meio do aplicativo de troca de mensagens (Whatsapp). “Oi quem tá falando aqui é o Laís de Davinópolis, de Davinópolis, perto de Davinópolis, assaltaram a fazenda do meu irmão aqui, perto da 713, mataram ele, tá morto aqui, roubaram uma Hillux preta placa de Brasília, isso deve ter uns 20 minutos, cheguei aqui agora ele tá baleado, tomou um tiro… Socorro”, dizia o áudio da mensagem, que em poucos minutos viralizou nos grupos de Whatsapp da região. Ouça o áudio abaixo:

Pouco tempo depois, com o desenrolar da ocorrência, confirmou-se que não se tratava bem de um latrocínio, e sim de homicídio, e quem teria assassinado o dono da fazenda, um adolescente de apenas 16 anos de idade, sobrinho da namorada da vítima, o qual teria vindo passar férias na região. Ele efetuou três disparos contra a vítima que morreu no local. 

O autor teria agido premetidamente, pois teria esperado funcionários da fazenda irem embora, por volta das 18h, Segundo informações, a vítima vendeu um gado recentemente e, havia recebido na data de ontem, uma quantia de pouco mais de R$ 50 mil reais por meio de depósito bancário. A vítima estava com um dinheiro em seu veículo, uma caminhonete Toyota Hillux, e provavelmente o suspeito de cometer o crime achou que esse dinheiro seria o do recebimento da venda do gado, mas apenas cerca de R$ 2 mil reais estava com Jairs.

Após após assassinar o aposentado, o suspeito saiu na caminhonete e chamou um primo da vítima que é vizinho de propriedade da vítima, para avisar que o Senhor Jairs havia sido morto, mais ao retornarem ao local, o irmão já estava lá, após avisado os familiares, a Polícia Militar compareceu ao local e o adolescente teria confessado que deu um tiro no ombro do aposentado, que ainda indagou o que era aquilo, quando o adolescente disparou outras duas vezes, atingindo o rosto da vítima. 

O adolescente foi levado para a delegacia de Catalão após ter confessado o crime. 

Matéria atualizada às 02h21 desta terça-feira (09/01). 


Escrito por: Badiinho Filho