Blog do Badiinho

Pular para o conteúdo

Aumenta o número de pessoas com AIDS em Catalão; CTA realizou blitz para lembrar dezembro vermelho


“Na blitz educativa realizada na última sexta-feira (1º de dezembro), foi para lembrar o Dia Mundial de combate ao HIV. Panfletos e preservativos foram distribuídos para usuários da rodovia”

Uma equipe de profissionais do Centro de Aconselhamento e Testagem de Catalão (CTA), realizou na manhã da última sexta-feira (1º de dezembro), uma blitz de conscientização no posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 050. 

Os motoristas que eram parados por policiais rodoviários na blitz, receberam além de panfletos e preservativos, inúmeras orientações, principalmente da importância de se preservar e realizar o teste que é totalmente de graça e rápido. 

O evento foi o para destacar o Dia Mundial de Luta contra a Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), criando do dia 1º de dezembro de 1987, a data existe para alertar a humanidade para um dos maiores problemas de saúde pública, que já matou mais de 35 milhões de pessoas, 1 milhão delas somente em 2016

Segundo matéria da TV Anhanguera de Catalão, por ano, mais de 20 mil novos casos de HIV (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) são descobertos em todo o país. A mobilização foi com o intuito de chamar a atenção de todo mundo, e principalmente conscientizar sobre a importância de se prevenir sempre.

No CTA em Catalão, localizado na Rua Major Paulino, a pessoa pode fazer o teste rápido de HIV. No local, a pessoa tem o sangue coletado e o resultado sai rapidamente, em apenas 15 minutos.

“Dr. Franco Nero Tristão, é coordenador do Centro de Aconselhamento e Triagem de Catalão (CTA)”.

“O teste é realizado aqui no CTA, diariamente, então, não tem ônus nenhum, não se paga nada, o ideal é quem puder vir e fazer o seu teste, conhecer sua atual status sorológico, para que a gente possa identificar ou afastar o diagnóstico”, disso o médico Dr. Franco Nero Tristão, que também é coordenador do CTA em Catalão.  

Com toda a certeza, é preciso se falar mais sobre este assunto, pois os números chamam a atenção. Em 2016, o CTA diagnosticou seis casos de HIV, e neste ano, o número de casos teve um aumento consideravelmente, pois já são 30 casos até o momento.

“Além de fazer o teste, o aconselhamento, aqueles casos que são positivos, a gente já faz o acompanhamento diário também, a realização de carga viral e de exames e dispensação do coquetel é toda feita aqui”, afirmou Dr. Franco Nero Tristão, em entrevista para a equipe de TV.

O CTA fica na Avenida Major Paulino, 208, no Nossa Senhora de Fátima, ao lado do Hospital Materno Infantil.  

“Além do coordenador do CTA, Dr. Franco Nero, também participaram do evento, psicólogos e enfermeiras”.


Escrito por: Badiinho Filho

Fotos: Reprodução

Compartilhar com amigos